Transplante capilar vale à pena?

Você não se preveniu, não se tratou e quando se deu conta, Pluft! cadê seu cabelo?!

Agora, além de continuar se atentando às dicas para prevenir, e aos tratamentos, você está cogitando a hipótese do tudo ou nada e apelar para o procedimento cirúrgico, né?

Antes de tudo, consulte seu dermatologista para saber se vocês já tentaram realmente tudo o que poderia ser feito e, claro, verificar se o implante ainda é viável, pois para realizar o transplante, o paciente deve possuir cerca de 50% do cabelo ainda saudável.

Chama-se “transplante capilar”, pois o processo implica em remover parte do couro cabeludo do próprio paciente e adicioná-lo em outro local da cabeça. Algumas pessoas o chamam de “implante capilar”, não está errado, mas o termo “implantar” se refere apenas à “segunda parte” que é quando o cabelo é colocado na cabeça do paciente, porém, ao dizer apenas “implante”, pode ser englobado outros tipos de procedimento como o de adicionar fios artificiais.

Tadeu Schmidt - antes e depois do implante capilar
Antes e Depois do Tadeu Schmidt (repórter da Globo)
Sobre o Transplante Capilar
O que é? Como o nome diz, e, de uma forma bem leiga, é um transplante de uma área da sua cabeça que tenha cabelo, para uma área que não tem cabelo. Normalmente a área a ser removida fica na parte de trás da cabeça, então é removida uma faixa de pele do couro cabeludo com os folículos capilares, e esses folículos são adicionados na parte da frente da cabeça (ou onde se deseja ter cabelo novamente). Os folículos são colocados um a um a fim de ficar o mais parecido possível com cabelos que nascem naturalmente na região.
Outras informações: O procedimento leva em média 4 horas e, em alguns casos, é necessário realizar várias sessões. O transplante é realizado com a aplicação de anestesia local e sedativo.
Pós operatório: O paciente recebe alta no mesmo dia do transplante realizado. Após 24 horas do procedimento, é necessário remover a bandagem e lavar o cabelo com um shampoo especial (o consultório lhe fornecerá as orientações). O paciente deve dormir com a cabeça elevada durante pelo menos três dias, e durante a primeira semana devem ser evitados exposição ao sol, banho de piscina ou mar, e exercícios físicos.  É necessário tomar os remédios indicados.
Processo: O cabelo transplantado cairá dentro de 15 dias após o transplante e, em três meses surgirão novos fios. O resultado final pode ser percebido após 6 meses do procedimento.
Preço: Varia de R$8 mil a R$25 mil reais a sessão.

Deixe uma resposta