Protetor x Bloqueador Solar

O sol já veio com força, ninguém pode negar.
Além de poucas chuvas e muito calor, com o solzão o índice de UV (ultravioleta) foi lá nas alturas junto com a temperatura. Perdemos a conta de quantos dias a previsão do tempo indicou um índice extremo de raios ultravioleta e que efetivamente se concretizaram no dia seguinte.

queimou

Antes de mais nada, vamos entender o que são os raios ultravioletas e por que precisamos nos proteger deles…
Todo mundo sabe que esse tal de ultravioleta do sol não faz bem e precisamos evitar ele para não acabar desenvolvendo câncer de pele, ou envelhecimento precoce e diversas manchas. Mas o que eles são de verdade?
Pesquisando, vi que os raios ultravioleta são nada mais que um tipo de radiação emitido pelo sol. Deixemos essa definição mesmo, o assunto tem muita física e química envolvida que tudo que consegui entender, como mera publicitária que sou, é que o sol emite energia e que dessa energia é emitida a radiação ultravioleta.  Isso é suficiente para entendermos o que vem depois.

Ok,  raios ultravioleta são uma radiação emitida pelo sol. Mas os bonitos se dividem em UVA, UVB e UVC que são os raios mais nocivos à nossa saúde. A Terra (nosso planetinha) já absorve muito do “impacto” desses raios. O UVB é parcialmente absorvido pela camada de ozônio (sim, aquela que tem um buraco enorme), o UVC é totalmente absorvido pelo oxigênio e ozônio da atmosfera, e o UVA é o que mais nos atinge por não ter um bom “filtro” na Terra. É dele que estamos fugindo e nos protegendo quando evitamos o sol.

Claro que vale lembrar que, apesar dessa radiação toda ser prejudicial e de termos que nos proteger dela, estamos sempre falando do excesso dela. Tomar sol é importante, mas sempre temos que tomar os devidos cuidados e precauções para que ele não seja um mal para nós e para que possamos aproveitá-lo sempre. Porque, afinal, quem resiste à um dia de folga com sol?

E, na hora de se proteger, o que escolher? Um protetor solar ou um bloqueador solar?
Na verdade, posso apostar que poucos de vocês já pararam para pensar nisso, porque sempre falamos “protetor” para todos eles. Aliás, há aqueles que chamam tudo de Sundown.
Então, para vocês, tenho uma novidade! Não existe apenas o bronzeador e o protetor solar. E sabem do que mais? É muuuuito importante saber a diferença entre eles e ter um de cada em casa para usar nas ocasiões certas! Então, primeiramente, eu vos apresento o bloqueador solar!

Bloqueador Solar

Nivea Sun protetor solar

Quer proteção de verdade contra qualquer radiação ultravioleta? Opte pelo bloqueador.
Tem uma tatuagem nova ou pretende fazer uma? Um machucado em cicatrização ou com cicatrização recente? Alguma alergia? Vai depilar alguma parte do corpo à laser? Se a resposta for “sim” para alguma dessas perguntas, a solução sempre é o bloqueador.
Sempre que você estiver em uma situação que o médico tenha dito “você não pode tomar sol”, mas não tiver como realmente fugir do sol, passe o bloqueador.

O bloqueador solar é composto de várias substâncias químicas que efetivamente bloqueiam o sol e refletem os raios ultravioletas evitando que eles entrem em contato com a pele. Normalmente eles são mais consistentes e assim que passamos na pele fica aquele aspecto um pouco esbranquiçado. Algumas pessoas têm pavor à esse esbranquiçado que fica na pele, mas garanto para vocês que ele é bem melhor do que ficar com uma mancha na pele depois.

Sabe aquela velha dica e recomendação dos dermatologistas de sempre passar protetor solar pelo menos no rosto diariamente?
Então, não é protetor solar, é bloqueador.
Vai ficar embaixo do sol, mas quer continuar usando seu óculos de sol? Passe bloqueador solar no rosto para evitar ficar com aquela linda marca de óculos na cara.

Protetor Solar

Nivea Sun bloqueador solar

Ao contrário do bloqueador, o protetor solar não reflete os raios ultravioleta. O protetor irá “filtrar” o bom e o ruim do ultravioleta. Os raios UVA são filtrados pelo protetor, estimulando a produção de vitamina D que fortalece os ossos e da melanina que bronzeia a pele.
Lembra que comentamos que o sol não é vilão? Então! Todos devemos tomar sol, mas sempre com cuidado de passar minimamente um protetor solar antes.

Quando for tomar sol com a intenção de se bronzear, se não for utilizar o bronzeador, utilize o protetor solar! Nada de ficar exposto por horas e horas sem proteção nenhuma. Além de conseguir um bronzeado que não irá durar, você pode conseguir também várias manchas e danos à pele.

E onde entra aquele lance de protetor 15, 30, 50, 60 etc?

O que é FPS

Isso é o fator de proteção solar (FPS) do protetor ou bloqueador. Nas imagens que selecionei para o post, preferi encontrar um bloqueador e um protetor que tivessem o mesmo FPS para tentar mostrar que a maior diferença é o tipo do produto. Existe sim uma influência muito grande do FPS na proteção, mas a relação de bloqueador X protetor também interfere.

O fator de proteção solar indica o quanto a pele estará protegida após o uso do produto e deve ser levado em conta principalmente analisando a tonalidade da sua pele e o tempo de exposição que você ficará no sol.
O FPS 15, por exemplo, protege 15 vezes mais (tempo) do que o tempo que  sua pele demora para sofrer os efeitos do sol. Exemplificando melhor, no caso de uma pele que leve somente 10 minutos para começar a sentir o sol, o protetor FPS 15 irá a proteger por 150 minutos, então seria necessário repor o protetor em duas horas e meia.
De uma forma geral, todos os fatores protegem mais de 90% a pele em relação aos raios ultravioletas e os efeitos do sol.

Deixe uma resposta