Bicicletas Sustentáveis

O ciclismo é uma das atividades físicas que além de fazer bem a saúde, ainda não polui a cidade e pode ser uma ótima alternativa pra fugir de congestionamentos. Porém, em uma cidade tão grande quanto São Paulo, os ciclistas tem que ser corajosos se querem ir para algum lugar que passe por ruas movimentadas, pelo fato de que boa parte da população que possui carro, não respeita tanto os ciclistas, quanto os pedestres. Então, é importante sempre ficar atento sendo você um ciclista, um pedestre, ou um motorista.

Bom, então vamos ao assunto principal deste post, as bicicletas sustentáveis. Estão sendo confeccionadas bicicletas com diversos materiais reciclados e que não são prejudiciais ao meio ambiente, como por exemplo, garrafas PET, bambu, embalagens de shampoo, para-choques automotivos, entre outros materiais.

O criador e detentor da patente da bicicleta sustentável é o uruguaio Juan Muzzi, residente na cidade de São Paulo. Ele passou anos fazendo testes e estudando um modelo de bicicleta que ao mesmo tempo que diminuiria a quantidade de lixo, ainda incentivaria a prática do ciclismo nas grandes cidades.

Para construir o “corpo” dessas bikes são necessárias aproximadamente 100 garrafas PET, ou o equivalente de outros materiais, que são doados por ONGs parceiras e repassados para um laboratório que cria um composto. Tal composto, chega na fábrica já pronto para ser injetado e criar a forma. As bicicletas têm garantia de 10 anos,pois a mistura de materiais deixa o produto bastante resistente.

O projeto está em crescendo tanto que já é possível adquirir uma bicicleta sustentável através do site: http://www.muzzicycles.com.br

Uma iniciativa muito interessante, tanto como crítica a sociedade consumista e individualista que vivemos, quanto para criar o hábito do ciclismo nas grandes cidades evitando poluição e pensando na preservação do meio ambiente.

One thought on “Bicicletas Sustentáveis

  1. Ótimo post. Tenho muita vontade de começar a ir trabalhar de bicicleta. Moro meio longe do trabalho(moro na Mooca e trabalho na Lapa), mas acho que com um pouco de prática consigo até parar de chegar atrasado e melhorar o shape. Dica de post: Dicas para quem quer começar a usar bicicleta como meio de transporte em cidade grande.

Deixe uma resposta